Documentação Técnica

Documentação Técnica
* Engenharia de Dragagem, Sinalização Náutica, Batimetria, Projetos de Canais Navegáveis, Meio Ambiente, Cartas Náuticas, Software de Navegação, Topografia Básica e outros assuntos técnicos.

* Os leitores poderão ter acesso e fazer download do material na parte inferior desta página.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

São Sebastião é desencalhado e volta a navegar

Navio que estava parado no Guaíba volta a navegar

A Capitania dos Portos investiga o incidente

O navio fluminense que estava parado no Guaíba, na altura a zona sul de Porto Alegre, voltou a navegar na tarde desse domingo, por volta das 16h40min, segundo a Praticagem da Lagoa dos Patos — serviço de auxílio a navegantes. A embarcação já estaria em Rio Grande, no sul do Estado.


Operação de desencalhe do São Sebastião
(Foto: Diego Vara, ZH)

A Capitania dos Portos não confirma o que teria feito o navio parar e deve investigar o caso. De acordo com a Superintendência de Portos e Hidrovias (SPH), o canal havia sido dragado recentemente. O diretor de hidrovias da SPH não acredita que a embarcação tenha encalhado:

— O canal não está obstruído. Dois navios do polo petroquímico já passaram por ali — afirma.

Fonte: Zero Hora, 21-02-2011. http://tinyurl.com/4a22ulv

Veja o local onde o navio encalhou

Local do encalhe - Canal do Leitão (Rio Guaíba)

NOTA DO EDITOR

O navio realmente encalhou, e não existe qualquer dúvida a respeito disso. O que é importante esclarecer é que o encalhe ocorreu fora do canal, em razão de manobra deliberada do prático que, devido a supostos problemas mecânicos, teria decidido conduzir a embarcação para fora do canal, com o objetivo de não obstruir o tráfego aquaviário e não comprometer a segurança da navegação na área.

O encalhe, que teria sido deliberado e fora do canal, nem poderia ter ocorrido dentro do canal, pois ele foi dragado no ano passado; além disso, o navio estava sem carga, apenas com lastro, tendo em vista que descarregou 5,5 mil toneladas de sal no Porto de Porto Alegre (Cais Navegantes). As matérias divulgadas pelos jornais mostram a ação de rebocadores tentando desencalhar o navio, sendo que o mesmo foi desencalhado apenas no domingo (20), com o auxílio dos rebocadores Goiânia (Porto Alegre) e Abais (Rio Grande).

Nenhum comentário:

Postar um comentário