Documentação Técnica

Documentação Técnica
* Engenharia de Dragagem, Sinalização Náutica, Batimetria, Projetos de Canais Navegáveis, Meio Ambiente, Cartas Náuticas, Software de Navegação, Topografia Básica e outros assuntos técnicos.

* Os leitores poderão ter acesso e fazer download do material na parte inferior desta página.

domingo, 20 de março de 2011

Projeto Cais Mauá: Para liberar as docas, navios fora de operação serão transferidos para o Cais Marcílio Dias

Início da desocupação das docas será feita com as embarcações fora de operação da Petrosul

Está prevista para os próximos dias a remoção de três embarcações pertencentes à Petrosul - Laranjal, Porteiras e Pernambuco. Os navios serão transferidos para as docas do Parque Náutico, no Cais Marcílio Dias, a montante da Ponte do Guaíba (vão móvel). A área do Parque Náutico, ocupada pela Brigada Militar (PATRAM) e pela Polícia Federal, possui duas docas que deverão ser adaptadas para proporcionar a atracação segura das embarcações.

A desocupação da doca 5, onde se encontram atracadas as três embarcações, é necessária para sua reocupação por outras que utilizam as primeiras docas na área de revitalização do Cais Mauá. Segundo a empresa, pelo menos uma dessas três embarcações da Petrosul será reformada para ser utilizada no transporte de granéis. Na foto de satélite abaixo aparecem as três embarcação da Petrosul (Doca 5).

Doca 5 - Embarcações da Petrosul (círculo amarelo)

A nova área definida definida pela SPH foi aceita pela Petrosul, com a ressalva de que a mesma necessita de ajustes para a atracação segura das embarcações. A área ocupada pelas três embarcações na Doca 5 é de aproximadamente 2.975 metros quadrados (85 m X 35 m), e as dimensões aproximadas das embarcações são 65 m X 10 m, 60 m X 10 m e 85 m X 13 m, respectivamente. 

Nesse caso, a maior delas necessariamente deverá ser atracada na doca sul do Parque náutico, sozinha ou com uma/duas embarcações menores; na doca norte, o espaço é suficiente apenas para uma ou duas embarcações menores. De qualquer forma, são meras hipóteses, pois qualquer alternativa dependerá da existência de cunhos de amarração adequados e de profundidade d'água suficiente às embarcações. A doca Sul possui uma rampa, ao lado do prédio, e um trapiche/cais flutuante usado para aulas de remo para jovens de baixa renda (que deve ser removido). Veja o local na foto de satélite abaixo.

Docas do Parque Náutico

A transferência pretendida deverá ainda compatibilizar o uso das áreas das docas com as embarcações da Polícia Federal e da PATRAM (Brigada Militar). O aspecto mais importante, no entanto, é assegurar a segurança do tráfego aquaviário nas imediações das docas, que ocorrerá mais próximo dessas embarcações e, por conseqüência, promoverá maior agitação e esforços nas amarras; além disso, é importante assinalar que as embarcações ficarão a montante da ponte do vão móvel, a uma distancia de aproximadamente 205 metros, o que demandará maior zelo quanto à garantia das amarras, conforme pode ser visto na foto de satélite abaixo.

Vista Geral - Parque Náutico e Ponte do Vão Móvel

As dimensões aproximadas das docas são as seguintes: Doca Norte (60 metros, largura), 71 metros (fundos); Doca Sul (121 metros, largura), 67 metros (fundos), sendo que a doca Sul apresenta escadas em toda sua extensão pelos bordos sul e de fundos, o que representa um elemento complicador adicional (lados não apropriados para atracação de embarcações desse porte, e passíveis de danos). As mesmas estrutura (escadas) aparecem na Doca Norte, nos mesmos bordos. Os cabos das amarras, que não poderão usar os troncos das árvores ali existentes, terão limitações, especialmente os lançantes de proa e popa, e os cabos de través serão obstáculos à circulação nas escadas.

2 comentários:

  1. Olá!
    Encontrei por acaso o blog, que passo a seguir por achá-lo interessante. Não poderia abster-me de comentar a respeito. Lamentável como são conduzidas as decisões aqui no Estado. Primeiro a Marina Pública foi fechada, sem sequer previsão de reabertura em outro local. Agora, utilização do Parque Náutico para colocação de sucata flutuante... Li que "A doca Sul possui uma rampa, ao lado do prédio, e um trapiche/cais flutuante usado para aulas de remo para jovens de baixa renda (que deve ser removido)." e gostaria de saber se esse projeto de aulas de remo para pessoas de baixa renda será realocado para um local melhor... ou simplesmente extinto? Porto Alegre involui com sua política de utilização dos espaços ribeirinhos. Sendo uma pessoa com experiência no meio, eu lhe pergunto: o que podemos fazer a respeito???

    ResponderExcluir
  2. As recentes alterações no Cais Mauá atendem aos interesses imobiliários que pretendem ocupar as docas, os trechos de cais linear e o espaço ao lado da Usina do Gasômetro, para edificar espigões (docas), explorar estacionamento no centro (cais linear) e construir shopping center (Usina do Gasômetro, na antiga Marina Pública).O que se pode fazer? Usar os espaços da mídia alternativa para denunciar esse tipo de coisa - licitação dirigida (apenas um concorrente), apropriação indevida de área federal, preço de arrendamento irrisório, desrespeito ao entorno urbanístico, histórico e ambiental. Em relação às embarcações da Petrosul - o novo local para onde foram remanejados os navios Porteiras e Laranjal, além de prejudicar o trabalho social com a gurizada, também atrapalha a ação da polícia federal e da Patram. Não é um local seguro, pode representar risco à ponte do vão móvel.Um abraço, Hermes.

    ResponderExcluir