Documentação Técnica

Documentação Técnica
* Engenharia de Dragagem, Sinalização Náutica, Batimetria, Projetos de Canais Navegáveis, Meio Ambiente, Cartas Náuticas, Software de Navegação, Topografia Básica e outros assuntos técnicos.

* Os leitores poderão ter acesso e fazer download do material na parte inferior desta página.

domingo, 24 de abril de 2011

Sindicato dos Engenheiros do RS: Morro Santa Teresa, Meio Ambiente e Sociedade


Vinicius Galeazzi

Quando, um dia, a Orquestra Sinfônica do Teatro São Pedro tocar na concha acústica da antiga saibreira do Parque Santa Teresa, no morro de mesmo nome, no coração de Porto Alegre, para uma multidão de três mil pessoas, boquiaberta pela vista deslumbrante da cidade e do estuário, poder-se-á dizer: O SENGE foi fundamental.

Quando das ruínas do antigo ICM (instituto central de menores), horrivel cadeia para menores, no Parque Santa Teresa, nascer o Museu dos Brinquedos, com 3.000 peças de todo o mundo, poderão dizer: O SENGE ajudou a chegar até aqui.

Quando as bromélias da mata nativa e os córregos do Parque Santa Teresa puderem ser conhecidos, ouvindo os pássaros, através das passarelas suspensas, com seus bancos para descanso e observação, com suas placas ilustrativas patrocinadas pelo SENGE, dirão: por que não fizeram isso antes?

Quando o SENGE apareceu com a análise da avaliação oficial do Governo Yeda, pelo PL 388, visando a entrega do nosso Morro para a iniciativa privada, deu apoio técnico fundamental para a resistência das pessoas e entidades que tentavam impedir a venda apressada. E impediram, ou melhor, impedimos. Isso todos reconhecem.

Depois, o SENGE liderou o início do Movimento pela criação do Parque no Morro Santa Teresa que firmou uma Carta de Intenções, hoje assinada por 47 entidades, incluindo a AJURIS, cujas três propostas (regularização fundiária e urbanística das vilas, descentralização da FASE e criação de um parque da área remanescente) entraram no Plano de Governo de Tarso Genro e, hoje, já está sendo o argumento de um GT que agrega as três secretarias envolvidas e audiência pública na AL, na semana passada.

Por estar participando dessa campanha desde o início, posso testemunhar como o nosso SENGE é respeitado e conhecido pela população de modo geral , mas especialmente pelas lideranças de outras entidades e pelos órgãos do governo. A marca SENGE nos folders e banners reforça a seriedade dos propósitos da campanha. A cada audiência, entrevista ou reunião com o Governo, fazem questão que o SENGE esteja presente e se manifeste.

O SENGE presente na sociedade. Quantas outras frentes no Rio Grande estão esperando um apoio técnico como este que, parece, está sendo exitoso.

É preciso que a gestão Azambuja-Vera Carrion dê continuidade à importante participação do SENGE na sociedade gaúcha, além dos compromissos específicos do sindicato que propõem.

Vinicius Galeazzi

Nenhum comentário:

Postar um comentário