Documentação Técnica

Documentação Técnica
* Engenharia de Dragagem, Sinalização Náutica, Batimetria, Projetos de Canais Navegáveis, Meio Ambiente, Cartas Náuticas, Software de Navegação, Topografia Básica e outros assuntos técnicos.

* Os leitores poderão ter acesso e fazer download do material na parte inferior desta página.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Sinalização náutica: Equipamentos de fundeio

Para se fixar uma bóia à sua posição é empregada uma série de acessórios de marinharia, a cujo conjunto chamamos "equipamentos de fundeio", cuja finalidade é proporcionar uma ligação elástica e flexível entre a bóia e um ponto fixo do fundo da via navegável, e também para amortecer o efeito da força da água sobre a bóia.

Um equipamento de fundeio típico é constituído por: amarra ou seções de amarra, cabresteira, manilhas, anilho, tornel e poita, conforme é mostrado na figura abaixo.


As tabelas abaixo mostram as especificações do equipamento de fundeio, para os diversos tipos de bóias, cegas e luminosas, bem como o detalhamento de seus componentes.







POITA - É o termo geral para definir qualquer corpo morto, pesado e que sirva para fundear e fixar a bóia em posição, e pode ser construída em ferro fundido ou concreto. Em nosso país o costume padronizou a poita em forma de tronco de pirâmide, em base quadrada feita de concreto e sucata de ferro.

CONSTRUÇÃO

  I- Apronta-se a forma com tábuas de pinho de 3ª, de 1” com dimensão interna de acordo com o quadro v, a fim de ser obter o peso desejado.

 II- Coloca-se um barrote de madeira, para sustentar o pedaço de corrente e de vergalhões, atravessando no último elo para servir de sustentação durante a secagem.

III-  Forra-se a superfície lisa sobre a qual será construída a poita com folhas de papel de jornal para evitar a aderência do concreto à superfície.

IV-  No centro da base no chão colocam-se de 1 a 4 tijolos esfacelados, de acordo com tamanho da poita devendo ser retirados após sua secagem. Esta cavidade servirá de suga o que permitirá maior fixação das poitas quando fundeadas.

V- Enche-se forma com concreto feito com o seguinte traço:

 cimento...................................................... 1 parte
 areia .......................................................... 3 partes
 pedra britada nº3 ......................................  4 partes
 Água, Aproximadamente ........................... 1 parte

VI-  Espera-se três dias, para retirar a forma e no mínimo duas semanas; com a  poita imóvel, a fim de que a mesma fique pronta para utilização.

Fonte: Sinalização Náutica Visual e Documentos Diversos, DHN.

5 comentários:

  1. Boa tarde ! Me chamo Fábio Peixoto e sou leigo. Tenho duas dúvidas e apreciaria muitíssimo vossa ajuda.Uma vez identificada o tipo de sinalização(bóia), como dimensionar o seu tamanho. Tendo o tipo e as dimensões da bóia, como achar o peso da poita e as bitolas da amarra do fundeio?

    Antecipadamente grato; Fábio Peixoto.

    ResponderExcluir
  2. Primeiro, o tamanho da boia depende das condições específicas do local e da distancia de visibilidade requerida. Segundo, o peso da poita é calculado, a partir da densidade específica do concreto e das dimensões da mesma, e deve ser capaz de suportar os esforços criados pelo movimento da boia, das amarras e das águas. As bitolas das amarras também dependem dos fatores acima referidos. Sugiro usar o material de referência indicado pelo blog no fim da matéria.

    ResponderExcluir
  3. Conhece alguma empresa que faça esse serviço ou que venda esses materiais aqui na região Sul?

    ResponderExcluir
  4. PARABÉNS.....MATERIA DE GRANDE UTILIDADE....CONSEGUE TIRAR DUVIDAS DOS LEITORES/INTERESSADOS, ENSINA, COISA BOA MESMO.....RECONHEÇO.....APRENDI MESMO!!!!!....OBRIGADO.

    ResponderExcluir
  5. PARABÉNS!!!!! ILUSTRATIVO/EDUCATIVO/OBJETIVO.....APRENDI....OBRIGADO!!!!

    ResponderExcluir