Documentação Técnica

Documentação Técnica
* Engenharia de Dragagem, Sinalização Náutica, Batimetria, Projetos de Canais Navegáveis, Meio Ambiente, Cartas Náuticas, Software de Navegação, Topografia Básica e outros assuntos técnicos.

* Os leitores poderão ter acesso e fazer download do material na parte inferior desta página.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Canais do Rio Guaíba I - Canal do Junco

Canal do Junco, Rio Guaíba (Carta Náutica 2111)

Comprimento = 10.750 metros (PK-38,6 até PK-49,35)
Largura = 80 metros
Cota de Fundo = -6,25 metros (NR/Zero Hidrográfico)

Curva de Montante
Raio = 1353 metros
Ângulo Central = 19° 45'
Desenvolvimento = 466,4 metros
Sobrelargura = 45 metros
Tangente de Montante = 800 metros

Curva de Jusante
Raio = variável, de 800 metros a 960 metros
Ângulo Central = 63°
Desenvolvimento = 1011, 6 metros, raio médio = 920 metros
Tangente entre as curvas = 8.680 metros

O canal termina ao Sul, nessa curva, e a deflexão entre a tangente de montante e a tangente entre curvas é de 20°. O material retrirado no seu aprofundamento é constituído, no extremo norte, de areia média; no restante, cerca de 80% do canal, é constituído de lama e traços de areia fina. Sobrelaguras variáveis, com 46 metros no menor raio e 165 metros no maior raio.

O ingresso no Canal do Junco, no sentido convencional da navegação (upstream), ocorre na curva de jusante, segundo o rumo de 2°, guinando a bombordo numa extensão (desenvolvimento) de 1011 metros, até atingir o rumo de 299°; seguindo nesse rumo por uma distancia de 8.680 metros, até ingressar na curva de montante, com nova mudança de rumo, ao longo de 466 metros, até atingir o rumo de 319°, a partir de que mais 800 metros são percorridos até o final do canal.

A sinalização náutica é constituída por 16 sinais laterais, cegos e luminosos, a saber:

Boias cegas - 100, 101, 104, 105, 107, 108, 112;
Boias luminosas - 95, 98;
Faroletes - 97, 99, 102, 103, 106, 110, 114. * boias luminosas

Ventos

Porto Alegre - Frequência anual dos ventos (Livi, 1998)

Ondas

A altura das ondas varia de 0.5m até 1.0m, mas com vento muito forte podem atingir até 1,5m. A carta náutica recomendada para uso no trecho onde está localizado o Canal do Junco é a nº 2111, de Itapuã a Ponta do Arado.

Fontes: (1) Plano de Desenvolvimento Portuário, Mt, 1987-1996.
             (2) Instituto de Geociências/UFRGS, João Luiz Nicolodi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário