Documentação Técnica

Documentação Técnica
* Engenharia de Dragagem, Sinalização Náutica, Batimetria, Projetos de Canais Navegáveis, Meio Ambiente, Cartas Náuticas, Software de Navegação, Topografia Básica e outros assuntos técnicos.

* Os leitores poderão ter acesso e fazer download do material na parte inferior desta página.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Porto de Porto Alegre - Viabilidade do terminal turístico depende de novo balizamento noturno?

Faróis - Cristóvão Pereira, Capão da Marca e Itapuã

O estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental da proposta de implantação de terminal turístico no Cais Navegantes, junto ao trecho das docas, vai incluir o balizamento noturno, segunda informações veiculadas pela SPH.

O que é que uma coisa tem a ver com a outra?

A sinalização noturna existe desde meados do século passado; primeiro com lanternas a acetileno, depois com lanternas elétricas e baterias. A partir da década de 90, há mais de vinte anos, houve nova modernização - as boias e faroletes foram dotados de lanternas LED e coletores solares. Em resumo, o sistema de balizamento noturno existe há mais de 60 anos, e passou por sucessivas modernizações.

Sinais luminosos - Boias e faroletes

Embora alguns não saibam, a navegação comercial acontece 24 horas por dia desde o século passado, e as restrições existentes referem-se a alguns navios de porte excessivo (L  111 metros) ou que transportam cargas perigosas, devido às limitações dos canais (estreitos, altos fundos e curvas) e às normas ambientais. Assim, as restrições, típicas de águas rasas, não têm nada a ver com a sinalização que há muitos anos proporciona navegação diurna e noturna. 

A viabilidade ou não do referido terminal, por consequência, não depende da implantação do que já existe (balizamento noturno); basta fazer a manutenção da atual sinalização, o que não tem sido feito de forma adequada pelo Estado (segundo relatórios da Marinha, o nível de eficácia é sofrível).

Nenhum comentário:

Postar um comentário