Documentação Técnica

Documentação Técnica
* Engenharia de Dragagem, Sinalização Náutica, Batimetria, Projetos de Canais Navegáveis, Meio Ambiente, Cartas Náuticas, Software de Navegação, Topografia Básica e outros assuntos técnicos.

* Os leitores poderão ter acesso e fazer download do material na parte inferior desta página.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Governador libera área para revitalização do Cais Mauá

Governador Tarso Genro e Prefeito José Fortunati - Liberação do Projeto  
de Revitalização do Cais Mauá (Foto: Caco Argemi/Palácio Piratini)

O governador Tarso Genro anunciou, em evento realizado nesta quarta-feira (23), em Porto Alegre, a liberação da área para o início das obras de recuperação do Caís Mauá, no Centro da Capital. O chefe do Executivo gaúcho assinou termo que oficializa a concessão da área não operacional do porto à iniciativa privada para o processo de recuperação do local.

O documento, aliado a outro de estudo de impacto ambiental, entregue pelo prefeito José Fortunati, permitirá as primeiras intervenções na área, como a construção dos acessos e a recuperação dos armazéns. Com isto, o tradicional espaço histórico da Capital, poderá contar futuramente com bares, restaurantes, prédios, teatros, cinemas, escritórios e centros comerciais.

O empreendimento, orçado em R$ 560 milhões, será executado pelo consórcio Porto Cais Mauá do Brasil S.A., em um modelo de concessão de 25 anos. Anualmente, a empresa repassará ao Estado o valor de R$ 3 milhões a título de aluguel, que serão investidos pela Superintendência de Portos e Hidrovias (SPH) em benfeitorias portuárias. A revitalização seguirá o modelo de sucesso do Porto de Barcelona, na Espanha, e de Puerto Madero, em Buenos Aires, na Argentina.

No total, serão 3,2 km de intervenções, entre o setor em frente à Rodoviária e a Usina do Gasômetro. Além da recuperação dos armazéns, duas torres de escritórios, um hotel com centro de convenções e um centro comercial transformarão a silhueta do centro da cidade.

Enfatizando a relevância econômica, política e cultural do projeto, o governador destacou que o novo cais não se resume apenas à resolução de um problema urbano, mas também possui grande importância turística e de atração de investimentos. "Este é o desenvolvimento de uma cultura urbana agregadora, de ocupação dos espaços para a fruição da cidadania. Não é justo que o Porto fique fechado ao acesso dos gaúchos".

Lamentando a ocorrência erros de técnicos, jurídicos e normativos do contrato original firmado anteriormente e que barrou o andamento do processo, Tarso agradeceu o empenho dos servidores e técnicos do Estado e da Prefeitura de Porto Alegre no trabalho de reformatação do projeto. "Essa parceria com a Prefeitura independe de problemáticas eleitorais que se colocam para as cidades e para o Estado. Assim, fazemos em todas as prefeituras do Rio Grande do Sul", disse Tarso, ressaltando que esta parceria possibilitou a emergência de mais um bem público para a cidadania, como o metrô e o catamarã.

História

O prefeito da Capital, José Fortunati, afirmou que "este dia entrará para história de Porto Alegre" como um sinal que o Estado e o município direcionam seus olhares para o futuro, com responsabilidade, sustentabilidade ambiental e qualidade de vida. "Tenho certeza que este é o melhor caminho para o Cais Mauá, que será um ponto de referência para o Brasil e para o mundo", destacou.

O arquiteto responsável pelo projeto, Fermín Vázquez, assegurou que, em um primeiro momento, o muro da Avenida Mauá não será retirado, mas receberá diversas aberturas para facilitar o acesso ao Porto. "Apesar da improbabilidade de uma futura enchente, essas portas terão cancelas que poderão ser fechadas em uma situação de emergência". Vázquez acrescentou que o empreendimento será baseado no conceito de diversidade, com áreas para diversas opções de lazer.

Obras

O início das obras está previsto para a metade do próximo ano e o projeto total deverá estar concluído até a Copa do Mundo de 2014. "Este é um projeto complexo e difícil que tem a pretensão de abrir o Porto da cidade aos cidadãos, gerando não só empregos e renda, mas também qualidade de vida aos habitantes", disse o presidente conselho de administração da empresa Cais Mauá do Brasil S.A., José Munné.

Texto: Juliano Meira Pilau
Edição: Redação Secom - fone (51) 3210-4305

Fonte: Portal do RS, 23-11-2011. http://www.estado.rs.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário