Documentação Técnica

Documentação Técnica
* Engenharia de Dragagem, Sinalização Náutica, Batimetria, Projetos de Canais Navegáveis, Meio Ambiente, Cartas Náuticas, Software de Navegação, Topografia Básica e outros assuntos técnicos.

* Os leitores poderão ter acesso e fazer download do material na parte inferior desta página.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Travessia Rio Grande-São José do Norte: Metroplan interdita a lancha Mara

Embarcação terá de passar por uma revisão total para 
que não apresente mais os problemas (Foto: Divulgação/JA)

O diretor-superintendente da Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan), Elir Girardi, quatro fiscais e o coordenador da área de transporte aquaviário da Metroplan, nesta segunda-feira, 19, estiveram fazendo fiscalização nas lanchas que atuam no transporte de passageiros na travessia entre Rio Grande e São José do Norte e a interdição da lancha Mara. Conforme Girardi, a Mara tem que passar por uma revisão total para que não apresente mais os problemas que vem registrando na travessia.

Elir Girardi relatou ter recebido muitas reclamações de usuários e das Câmaras de Vereadores rio-grandina e nortense, além de recomendação do Ministério Público nortense, em relação às embarcações que fazem a travessia e principalmente à lancha Mara. Ele observou que a Mara irá passar por uma vistoria para verificação de suas condições de navegação, objetivando a segurança e tranquilidade dos passageiros. "A intenção é que não ocorra uma situação que ninguém deseja", ressaltou.

Girardi informou que a equipe de fiscalização da Metroplan virá verificar, a cada 15 dias, a situação das lanchas que atuam no serviço de transporte de passageiros na travessia entre Rio Grande e São José do Norte, até que a fundação consiga deixar uma equipe de fiscalização em Rio Grande. "Queremos ter uma presença maior no local para melhor atender as necessidades dos usuários", destacou.

Quanto à licitação para concessão do serviço, que teve seu processo suspenso por liminar concedida pela Justiça a uma das empresas que executam o serviço, a Metroplan está aguardando uma decisão final do Judiciário para definir os próximos passos. "O foco da Metroplan é dar sustentabilidade aos empreendedores, mas acima de tudo tranquilidade aos usuários", acrescentou.

O gerente administrativo da Roig e Cia, para a qual a Mara opera, Danúbio Roig, disse que a empresa ficou surpresa com a medida adotada pela Metroplan, uma vez que a embarcação já passou por várias inspeções feitas pela Capitania dos Portos, mas está aguardando a vistoria da fundação.

Ministério Público

O promotor Everton Meneses, do MP nortense, informou ter recomendado à Metroplan a cassação da autorização da empresa para a qual a lancha Mara opera, considerando a precariedade do serviço prestado por esta embarcação, que seguidamente vai para o estaleiro. Conforme ele, em função disso a empresa não mantém a regularidade na prestação do serviço.

Por Carmem Ziebell
carmem@jornalagora.com.br

Fonte: Jornal Agora, Rio Grande. Travessia

Nenhum comentário:

Postar um comentário