Documentação Técnica

Documentação Técnica
* Engenharia de Dragagem, Sinalização Náutica, Batimetria, Projetos de Canais Navegáveis, Meio Ambiente, Cartas Náuticas, Software de Navegação, Topografia Básica e outros assuntos técnicos.

* Os leitores poderão ter acesso e fazer download do material na parte inferior desta página.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Falta de chuva já afetou mais de um milhão de pessoas no Rio Grande do Sul

Falta chuva já afetou mais de um milhão de pessoas no Rio Grande do Sul Mateus Bruxel/Agencia RBS
Em Porto Alegre, nível do Guaíba esta baixo próximo à Usina do Gasômetro
Foto: Mateus Bruxel/Agencia RBS

Situação levou a prefeitura de Santana do Livramento a implantar racionamento de água

Mais de um milhão de gaúchos já são afetados diretamente pela seca, conforme dados da Defesa Civil. Boletim divulgado pelo órgão no fim da tarde indica que 188 cidades já decretaram situação de emergência. Além disso, as prefeituras de Porto Mauá, na Região Noroeste, Carazinho, no Norte, Venâncio Aires, no Vale do Rio Pardo, e Imigrante, no Vale do Taquari, assinaram o documento e devem ser incluídos na lista.

A situação levou aproximadamente 25% dos moradores de Santana do Livramento, na Fronteira Oeste, ao racionamento de água durante a tarde e o início da noite. Segundo o diretor operacional do Departamento de Água e Esgoto da cidade, Manoel Antônio Costa, cerca de 25 mil pessoas são afetadas pelo corte de água, que dura sete horas, entre 14h e 21h.

Em Tenente Portela, não chove desde 15 de dezembro. Moradores da zona rural sofrem com a falta de água para consumo humano e animal. Três caminhões-pipa levam água para a população. Os prejuízos estimados até o momento são de R$12 milhões, com perdas de 25% nas lavouras de soja, 50% nas de milho e 10% na produção leiteira.

— Se não chover até o próximo final de semana, os 21 municípios da Associação dos Municípios da Região Celeiro do Rio Grande (Amuceleiro) devem decretar situação de emergência — afirma Carboni, presidente da entidade.

Passo Fundo também deve decretar emergência

No interior de Passo Fundo, o quadro começa a se agravar. Uma reunião na tarde de hoje com a Emater e sindicatos apontou que já existe 60% de perda nas lavouras de milho, 20% na soja e 30% na produção leiteira, o que deve levar o município a decretar situação de emergência ainda nesta quarta-feira.

A falta de água para abastecimento animal no interior do município fez com que a prefeitura mobilizasse todo o maquinário possível para abertura de açudes e bebedouros para animais. Três comunidades que tinham abastecimento de poços e vertentes ficaram sem água potável.

— Tudo está secando no interior e estas comunidades também ficaram sem água, exigindo atendimento de emergência — salienta o Secretário Municipal do Interior Gilberto Simor.

Num projeto emergencial, a prefeitura vai construir 15 mil metros de rede para levar água de poços artesianos para 90 famílias das comunidades Santa Terezinha, São Pedrinho e assentamento Bom Recreio, num investimento de R$500 mil.

Novo decreto coletivo

No próximo sábado, o governador Tarso Genro fará um sobrevoo na região de Ijuí e assinará novo decreto de emergência coletivo no município de Jóia. Na ocasião, serão anunciadas novas medidas que estão sendo trabalhadas pelo Piratini.

Fonte: Zero Hora, 11-01-2012. Geral

Nenhum comentário:

Postar um comentário