Documentação Técnica

Documentação Técnica
* Engenharia de Dragagem, Sinalização Náutica, Batimetria, Projetos de Canais Navegáveis, Meio Ambiente, Cartas Náuticas, Software de Navegação, Topografia Básica e outros assuntos técnicos.

* Os leitores poderão ter acesso e fazer download do material na parte inferior desta página.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Parceria entre DNIT e Governo gaúcho visa incrementar transporte hidroviário

Termo de cooperação foi assinado quinta-feira passada(16)

Parceria entre DNIT e Governo gaúcho visa incrementar transporte hidroviário

A Diretoria de Infraestrutura Aquaviária do DNIT irá firmar um protocolo de cooperação técnica e financeira com a Secretaria de Infraestrutura do Rio Grande do Sul - SEINFRA/RS e com a Superintendência de Portos e Hidrovias - SPH/RS. A assinatura do termo será realizada em Porto Alegre, dia 16 de fevereiro, às 14 horas.

A parceria entre os órgãos visa a modernização da hidrovia Uruguai-Brasil, em seus aspectos técnicos de dragagem, sinalização, balizamento e instrumentação. Estas ações serão desenvolvidas conjuntamente entre a Administração de Hidrovias do Sul – AHSUL e a SPH/RS.

O projeto, que conta com um investimento total de R$ 270 milhões, pretende desenvolver o tráfego hidroviário local, passando de 6 milhões de toneladas ao ano para 17,5 milhões em um prazo de 5 anos, já tendo um investimento inicial de R$34 milhões.

Entre as ações previstas, estão a recuperação do parque de dragagem da SPH; a dragagem, sinalização e balizamento dos rios Jacuí, Taquari, Gravataí, Sinos, Caí, lago Guaíba, lagoa dos Patos, Lagoa Mirim, Rio Jaguarão; acessos aos futuros terminais portuários de Guaíba, Tapes, Palmares do Sul e outros portos hidroviários que o estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental (EVTEA), a ser licitado até março de 2012, apontar como necessário.

Atualmente a hidrovia é utilizada parcialmente devido, principalmente, a falta de condições de navegabilidade noturna*. Esta condição será saneada graças a parceria entre os governos Federal e Estadual, concretizando mais uma ação do PAC.

* Nota do Editor: A navegação noturna existe há mais de 50 anos na principal hidrovia do RS, a hidrovia Rio Guaíba-Lagoa dos Patos, desde que foi implantada a sinalização luminosa no complexo flúvio-lacustre. Desde então, essa sinalização tem sido modernizada, conforme pode ser visto na matéria publicada abaixo.

Também serão construídos terminais de contêineres em Estrela, Porto Alegre e Rio Grande, dedicados a navegação interior, criando assim mais uma moderna modalidade de transporte de cargas no Rio Grande do Sul.

A plena utilização da hidrovia pretende modificar o transporte de cargas no Estado. As cargas de menor volume irão utilizar o meio rodoviário para transportes de curtas distâncias, do produtor, indústria ou agro-negócio até o porto; e as cargas de maior volume, serão conduzidas por barcos, navios e trens, em longas distâncias. Tais modificações irão proporcionar maior rentabilidade de frete, o que aumentará consideravelmente a competitividade dos produtos gaúchos nos mercados nacional e internacional.

Entre outros benefícios indiretos, de impacto e a curto prazo, estão a redução de acidentes nas estradas devido à redução do trânsito de caminhões nas longas distâncias, a diminuição de emissão de poluentes na atmosfera e a melhor conservação das rodovias. Aliado a isto, a geração de empregos em estaleiros, portos e embarcações e a melhor formação educacional dirigida à técnica naval e portuária trarão inúmeros benefícios para a população do Rio Grande do Sul.

Fonte: Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, DNIT.

Um comentário:

  1. Eng.Hermes parabéns pela iniciativa e estar ligado a todos e a todas as ações referentes as nossas Hidrovias, com parecer técnico, e pessoal a respeito, com particularidade o conhecimento de fato de nossa autarquia SPH, defendendo ou batendo, para que com isso possa haver debate e crescimento para éla e para todos nós Gaúchos, a imprtancia de nossa rica malha hidroviaria.

    ResponderExcluir