Documentação Técnica

Documentação Técnica
* Engenharia de Dragagem, Sinalização Náutica, Batimetria, Projetos de Canais Navegáveis, Meio Ambiente, Cartas Náuticas, Software de Navegação, Topografia Básica e outros assuntos técnicos.

* Os leitores poderão ter acesso e fazer download do material na parte inferior desta página.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Travessia Rio Grande-SJN: Usuários reclamam de espera pela balsa

Na tarde desta quarta, 15, o serviço de transporte hidroviário de veículos na travessia entre Rio Grande e São José do Norte foi, novamente, motivo de reclamação. Por volta das 17h, usuários, que disseram estar esperando para fazer a viagem por balsa para o município nortense desde às 14h30min, se mostravam indignados. Segundo o médico veterinário Bento Mesquita, 56 anos, de Mostardas, logo depois que ele chegou, saiu uma balsa carregada e a menor estava no atracadouro, mas em vez de receber os veículos para a travessia, foi atracada ao lado, deixando ele e outros usuários na fila.

Veterinário Bento Mesquita e a esposa, de Mostardas, reclamaram
da demora e da falta de estrutura. (Foto: Fabio Dutra).

Acompanhado da esposa e de dois filhos, Bento Mesquita tinha ido ao Chuí e estava voltando para Mostardas. "Estamos aqui desde às 14h30min, sob o sol. Não há nenhuma estrutura aqui", reclamou. O aposentado Vitor Medvedovsky, 66 anos, que chegou ao local também às 14h30min, estava irritado com o fato de a empresa ter anunciado a colocação de uma segunda barca (denominada Priscila) no serviço, de a embarcação estar no local e não ter feito viagem para levar os veículos que estavam na fila.

Medvedovsky relatou que funcionários da F. Andreis, empresa responsável pelo serviço, disseram que era preciso esperar a balsa maior - Deusa do Mar - retornar de São José do Norte para levá-los. "Essas condições da travessia afugentam os turistas", salientou. Na fila também estava um casal de Santa Rosa - Marcos de Sá, 32 anos, e a esposa Adriana, 32 anos, que vai participar de um retiro da Igreja Adventista em São José do Norte no fim de semana. "É muito ruim essa espera. Estamos cansados. Saímos às 5h da manhã de casa, percorremos 670 quilômetros e estamos parados aqui", falou Marcos. "Temos parentes nos esperando em São José do Norte. Já estamos pensando em como faremos o retorno depois do retiro", completou Adriana.

Antes de ir para São José do Norte, casal de Santa Rosa afirmava 
que já estava preocupado com o retorno. (Foto: Fabio Dutra).

Funcionários da F. Andreis informaram que a Deusa do Mar iniciou viagem para a cidade nortense por volta de 15h40min e que no retorno faria outra. Afirmaram que os usuários que estavam reclamando tinham chegado ao local perto das 15h30min. Segundo um dos funcionários, que não quis se identificar, a Priscila já tinha feito quatro viagens. "Tem pessoas que vão participar do retiro em São José do Norte que já fizeram três viagens hoje. Se sobrarem carros na próxima saída da Deusa do Mar, a Priscila vai levar", acrescentou ele.

A segunda balsa foi colocada no serviço em 31 de janeiro. De acordo com a empresa, ela vai atuar conforme a demanda do serviço.

Por Carmem Ziebell
carmem@jornalagora.com.br

Fonte: Jornal Agora, Rio Grande. Travessia RG/SJN

Nenhum comentário:

Postar um comentário