Documentação Técnica

Documentação Técnica
* Engenharia de Dragagem, Sinalização Náutica, Batimetria, Projetos de Canais Navegáveis, Meio Ambiente, Cartas Náuticas, Software de Navegação, Topografia Básica e outros assuntos técnicos.

* Os leitores poderão ter acesso e fazer download do material na parte inferior desta página.

sexta-feira, 9 de março de 2012

Emissário subaquático tem 7 quilômetros instalados no Guaíba

No total, serão assentados, no leito do Lago Guaíba, 10 km de tubos
(Foto: Luciano Lanes/PMPA)

O Dmae completou na terça-feira, 6, a instalação de mais quatro tubulações do emissário subaquático no leito do Lago Guaíba, completando sete quilômetros. Nesta etapa, o trabalho para o assentamento de 4 km de tubulações foi realizado durante dois dias e faz parte dos 24 contratos de obra do Projeto Integrado Socioambiental (Pisa). A próxima instalação está prevista para a semana que vem. No total, serão assentados, no leito do Lago Guaíba, 10 km de tubos com 515 metros cada. (fotos)

Obstáculos à navegação criados pela dragagem do Pisa
Foto: Danilo Chagas Ribeiro

A Estação de Tratamento de Esgotos Serraria, que é parte fundamental desta obra, já conta com 50% da execução concluída. É nesta estação, com projeção para atender ao crescimento da cidade nos próximos 50 anos, que será tratado cerca de metade do esgoto produzido pela cidade, correspondente a mais de quatro mil litros por segundo. O andamento das obras do Pisa, que já tem 85% dos trabalhos concluídos, pode ser acompanhado pelo site www.portoalegre.rs.gov.br/PISA.

NOTA DO EDITOR

As fotos acima mostram que existe sério problema de sinalização náutica nessa obra de grande envergadura, tanto no local de dragagem, onde está sendo lançado o emissário subaquático, como na área de despejo, onde foram criados bancos (entulhos) que representam perigo à navegação diurna (bancos sem visibilidade) e noturna (nesse caso, até os bancos visíveis constituem perigos à navegação). Veja abaixo a ilustração dessas situações de perigo para os diversos tipos de embarcações (esporte/recreio, pesca e de serviço público).

Figura 1 - Situação atual (irregular) popa.com.br

Figura 2 - Situação exigível (regular) popa.com.br

A responsabilidade pela execução da obra, que deve ser feita de acordo com o contrato e demais documentos pertinentes, é da Prefeitura Municipal de Porto Alegre (DMAE e demais órgãos envolvidos com o projeto Pisa), e a responsabilidade pela fiscalização desse tipo de obra - dragagem com a devida sinalização náutica, no local e na área de despejo, é da Marinha do Brasil (Veja no link www.dpc.mar.mil.br o conteúdo da Normam-11).

Essa situação, além de representar um grande perigo à navegação atual, também poderá inviabilizar a ampliação do transporte hidroviário de passageiros (catamarã)  para outros bairros da Capital no futuro próximo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário