Documentação Técnica

Documentação Técnica
* Engenharia de Dragagem, Sinalização Náutica, Batimetria, Projetos de Canais Navegáveis, Meio Ambiente, Cartas Náuticas, Software de Navegação, Topografia Básica e outros assuntos técnicos.

* Os leitores poderão ter acesso e fazer download do material na parte inferior desta página.

domingo, 17 de junho de 2012

Charqueadas - Rio Jacuí surge como novo polo naval

Entre as indústrias do RS, fornecedoras da Petrobras, Oscar de Azevedo lembrou algumas, como Tramontina, Lupatech, Altus, Metasa, Digicon, Randon, Máquinas Condor, Stemac, Taurus, Engecampo, Rentank, Interial, TMSA, Masal, Micromazza, Coester, Rijeza, Intecnial, Fockink, Novus, Soprano, Koch, Voges e Saur, além das universidades Ufrgs, Furg, assim como o Tecnopuc e o Tecnosinos. Enquanto o petróleo não jorra, o Comitê de Competitividade em Petróleo, Gás, Naval e Offshore da Fiergs comemora o nascimento de um novo polo naval no município de Charqueadas, e já denominado de Polo Naval do Jacuí.

Futuras instalações da IESA - Rio Jacuí/Granja Carola

Além do polo, já consolidado, da Metade Sul, formado por três estaleiros - Quip e Ecovix em Rio Grande e o EBR, em implantação em São José do Norte -, a nova estrutura do Jacuí reforçará a relação de fornecedores do RS ao setor naval. No polo atuarão os grupos Iesa (já concluiu seu cais no rio Jacuí), Engecampo, VTC, Tomé e Metasa. Produzirão módulos para plataformas de exploração de petróleo e gás, exceto a Metasa, que será fornecedora das demais. Cada uma das empresas deverá gerar mais de mil empregos.

O Plano de Negócios anunciado pela Petrobras (2012/2016) projeta 236,5 bilhões de dólares em investimentos. O plano anterior (2011/2015) previa 224,8 bilhões de dólares - contemplava o Polo Naval de Rio Grande com 9 bilhões de dólares em construções offshore e a criação de 15 mil empregos diretos e mais 45 mil indiretos. Na Refap, em Canoas, estão em andamento aplicações de mais de 1,6 bilhão de dólares em unidades de hidrotratamento para a redução do teor de enxofre de gasolina e óleo diesel. São previstos 10 mil empregos entre diretos e indiretos. A unidade de gasolina já foi concluída.

Fonte: Correio do Povo, Economia

Nenhum comentário:

Postar um comentário