Documentação Técnica

Documentação Técnica
* Engenharia de Dragagem, Sinalização Náutica, Batimetria, Projetos de Canais Navegáveis, Meio Ambiente, Cartas Náuticas, Software de Navegação, Topografia Básica e outros assuntos técnicos.

* Os leitores poderão ter acesso e fazer download do material na parte inferior desta página.

sábado, 18 de agosto de 2012

Desvendando a Lagoa dos Barros

Em busca das ninfas

Texto: Danilo Chagas Ribeiro
Fotos: Lidson Cancela

A principal rodovia de acesso ao litoral gaúcho (a freeway) mostra uma bela vista nos 15km em que acompanha a margem norte da Lagoa dos Barros. No entanto ninguém vê barcos navegando naquelas águas. O que dizem ver são ninfas*, fantasmas, OVNIs e até monstros.


"As histórias talvez fossem exageradas, mas a verdade é que nenhum pescador se aventurava até o centro da lagoa com medo de jamais retornar vivo. No entanto, os relatos sobre fantasmas e criaturas estranhas vêm de um tempo bem anterior. Sabe-se que a região já estava ocupada antes de 1773, pois era um ponto estratégico para proteger as fronteiras da província e para criar gado. Contos fantásticos, de data e origem desconhecida, falam sobre ninfas deslizando pelas lagoas, montadas em corcéis brancos carregados pelo vento. Outra lenda bem persistente, segundo o historiador Guido Muri, refere-se à suposta existência de uma cidade submersa no centro da Lagoa dos Barros. Em tempos de estiagem seria possível ver o topo dos prédios mais altos e, em algumas ocasiões, ouvir o sino da igreja tocando. Não se tem qualquer notícia da existência de uma cidade do gênero nas proximidades, quanto mais em meio às águas. Sabe-se que as lagoas foram formadas há cerca de 5 mil anos, de modo que qualquer construção dentro da lagoa teria de ser anterior a essa época."**


O velejador Dieter Brack resolveu aceitar o desafio de desvendar os mistérios da Lagoa dos Barros mas, comedido, impôs a condição de que nesta primeira etapa apenas as ninfas seriam procuradas. Não queria saber de monstros nem de cidades submersas. Como a lenda sempre falou de muitas ninfas, Dieter convidou mais alguns velejadores para dar conta da missão, caso as encontrasse.

No Hobbie 16 do Dieter navegaram Maxi, sua namorada, e Lidson Cancela, ex-tripulante do navio Cisne Branco. No Day Sailer do comandante José T. Campello navegaram ainda Fernando, seu filho , e o sobrinho Lucas Dantas.


Circundaram a lagoa, gravaram o track, enviaram a carta geo-referenciada, e fizeram fotos e vídeo, mas quanto à tão esperada notícia sobre as ninfas, infelizmente não houve avanço. Vamos continuar imaginando que elas existem. 


O cmte Campello apreciou a navegada, ressaltando a bonita vista da encosta da Serra e o belo pôr-do-sol. Informou também que o calado na Lagoa dos Barros varia entre 2,5 e 3,5m pelas medições realizadas com o fio de prumo do Lidson, e que tem peixe. "Constatamos na margem muita cabeça de traíra recentemente abandonada. Há vários levantes dá água para irrigação de arroz. Nossa bolina jamais tocou o fundo durante a velejada. O único problema é o lançamento e a carga do barco no reboque, que ocorre a mais de 100m da margem. É bom ir em grupo. É um belo passeio", diz Campello.
______
(*) Ninfa - divindade fabulosa das águas; mulher nova e formosa.
(**) jornalista Gilberto Schoereder

Fonte: www.popa.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário