Documentação Técnica

Documentação Técnica
* Engenharia de Dragagem, Sinalização Náutica, Batimetria, Projetos de Canais Navegáveis, Meio Ambiente, Cartas Náuticas, Software de Navegação, Topografia Básica e outros assuntos técnicos.

* Os leitores poderão ter acesso e fazer download do material na parte inferior desta página.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Rio Caí ganhará um banco de dados

Comando Ambiental da BM pretende diagnosticar os principais problemas
Foto: Stephany Sander/Especial/CP

O Comando Ambiental da Brigada Militar deve criar, em breve, um banco de dados sobre as condições da água do rio Caí. Durante a última semana, o Pelotão Ambiental (Patram) de Montenegro realizou o monitoramento do manancial nos trechos entre as localidades de Arroio do Ouro, na cidade de Vale Real, e Morretes, pertencente ao município de Nova Santa Rita, onde fica a foz do rio. A ação ocorreu em parceria com a Universidade Federal de Pelotas e faz parte de um projeto do Comando Ambiental da Brigada Militar que pretende executar um diagnóstico das principais atividades que causam degradação no manancial.

O projeto foi criado a partir de iniciativas que já ocorrem nos rios dos Sinos e Caí. Conforme o comandante do Patram, tenente Reinaldo Araújo, dependendo dos resultados obtidos, serão criadas ações de fiscalização. Até este momento, foram realizadas coletas de material nos locais de captação de água e de lançamento de efluentes, bem como houve um levantamento fotográfico de todos os pontos.

De acordo com Araújo, os quatro dias de monitoramento permitiram perceber, de imediato, que diversas inconformidades acontecem ao longo do Caí. Entre elas estão a instalação irregular de bombas de captação de água para a utilização em lavouras, lançamento de efluentes industriais em desacordo com as normas ambientais e zonas degradadas em áreas de preservação permanente. "Agora, vamos fiscalizar esses locais já identificados e identificar os responsáveis, que podem responder por crime ambiental", afirma o comandante.

Fonte: Correio do Povo. Cidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário