Documentação Técnica

Documentação Técnica
* Engenharia de Dragagem, Sinalização Náutica, Batimetria, Projetos de Canais Navegáveis, Meio Ambiente, Cartas Náuticas, Software de Navegação, Topografia Básica e outros assuntos técnicos.

* Os leitores poderão ter acesso e fazer download do material na parte inferior desta página.

segunda-feira, 4 de março de 2013

Travessia Porto Alegre-Guaíba atinge esta semana a marca de um milhão de passageiros transportados

Data de abertura do novo píer continua indefinida

Atracadouro construído em frente ao BarraShoppingSul 
está pronto para ser utilizado. (Foto: João Mattos/JC)

Os catamarãs Ana Terra e Carlos Nobre, que fazem a travessia entre a Capital e Guaíba, atingem esta semana a marca de um milhão de passageiros transportados desde o início da operação, há 16 meses. O serviço de transporte fluvial, que recebe diariamente entre 2.200 e 2.500 pessoas, deve ter sua quantidade de passageiros ampliada com a utilização de mais um atracadouro, em frente ao BarraShoppingSul, no bairro Cristal.

Contudo, o início da utilização do píer, de 30 metros de extensão para dentro do lago Guaíba, que já está pronto, ainda é indefinido. A primeira previsão era para outubro do ano passado, sendo, posteriormente, adiada para janeiro. O diretor de Operações da CatSul, que opera a travessia, Carlos Bernaud, espera que até o final de março o novo atracadouro entre em funcionamento.

“O início é uma incógnita, mas esperamos que seja em março. A nossa parte, que era a construção do píer, já foi feita. Falta agora a liberação da Marinha, que autoriza a trafegabilidade nas águas do lago”, explica. A expectativa do diretor é de que a parada do Barra receba uma boa demanda, assim como a atual travessia. “Começamos transportando entre Porto Alegre e Guaíba cerca de 1.700 pessoas. Com o tempo, houve esse crescimento. O transporte fluvial metropolitano deu certo. Acreditamos que o urbano também dará”, afirma. Bernaud atribui a aceitação do transporte a fatores como pontualidade e rapidez, pois as viagens são feitas em apenas 20 minutos.

Os oito quilômetros de extensão do Centro da Capital até o terminal no BarraShoppingSul serão ser feitos em aproximadamente dez minutos por uma tarifa de R$ 5,00. Até a parada de Guaíba o custo do trajeto será de R$ 7,25. O atracadouro fica exatamente na metade da distância entre as duas cidades e deve receber inicialmente 500 pessoas, divididas em oito viagens.

Atualmente, o catamarã tem 30 horários diários de partida. Para a compra das passagens com cartão de débito, será instalado um totem dentro do shopping, no portão A, próximo ao supermercado Big. Dentro do barco, será realizada a compra com dinheiro e a utilização do cartão TEU.

Questionado sobre a liberação do novo atracadouro, o diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Capellari, disse que não se manifestaria sobre a situação no momento. “Em breve teremos notícias. Ainda existe uma série de pontos que precisamos apurar”, falou.

Fonte: Jornal do Comércio. Catamarã

Nenhum comentário:

Postar um comentário